Diario do Renanta

ENEMN foi boa hein, segura essa entao: ” cara eu nem passei na FIT e fiz a FMU ( Fui Mal na Usp…. HAHAHAHAH, ai ai). Bom, voltando ao assunto, aqui esta o diario do renanta. Se divirtam (ou nao) com essa shitáh!

Querido diário,
Estou muito assustado. Eu estava em uma tranqüila noite de sono e acordo em um local, uma outra dimensão. Cai de cara em um lugar estranho, com azulejos pretos e brancos. Lá encontrei um monge maluco, chama-se Cipried.
Sim, eu tentei uma comunicação com ele, mas ele insistia em repor minhas energias, e pedia para que eu voltasse a falar com ele quando estivesse mal. Não tinha entendido nada, repor energias? Será que eram aqueles contratados para fazer propaganda da Red Bull? Sei lá!
Prossegui em meu caminho, o mais estranho disso tudo era quando me dei conta de estar segurando uma pequena clava e uma tocha nas mãos. O pior era um colete e eu estava sem calça. Envergonhado, me escondo em um bueiro e me deparo com uma triste cena querido diário, eu vi uma pessoa morta.
Chorei. Eu não gosto de ver morto. Gritei desesperado: – Por favor, ajudem esse rapaz aqui, chamem algum médico, acho que ele está morto!
O que mais me chocou foi ver que ao invés das pessoas ajudarem, eles roubaram tudo do pobre defunto, chutando-o para lá e pra cá, dizendo “lol” e “lol”, que diabos seriam “lol”. Eu não queria ser frio, mas eu precisava de uma calça também e acabei fazendo essa maldade de pegar a calça que já havia sido arrancada do pobre corpo. Era de couro, desconfortável e fedorenta. Mas melhor do que andar com o bigolin de fora.
Fiquei horrorizado logo depois ao me deparar com o defunto vivo atrás de mim falando:- devolva-me os itens. Aos berros eu dizia: – Como você fez isso? Você ta ali e ta aqui… E? Arrreee!! – Sai correndo pela caverna escura de medo e ele continuava a me perseguir. Acendi a tocha com uma pequena chama que havia entre a caverna e me deparei com muitos ratos. Muitos mesmo! Comecei a bater neles com aquela pequena clava e sabe diário, me senti mais forte, mais bravo. Aqueles ratos realmente tinham me mordido muito. Eu estava me sentindo tonto, sem energia. Logo após ter conseguido esquivar desses animais escrotos e do espírito do jovem morto, fui ver esse tal Cipried novamente. Isso diário, aquele monge que encontrei quando acordei. O monge devia ser um tipo de macumbeiro ou uma ligação muito próxima a Deus porque eu apenas disse “oi” a ele e me senti outra pessoa. Estava pronto e disposto para se vingar das ratazanas. Voltei para a caverna, ainda com a tocha na mão. Estava no fim já e joguei fora. Fui meio às cegas e cai em um buraco. Deparei-me com muitos ratos todos juntos, não tinha como sair dali direito. O buraco que cai tinha uma escada e esses ratos todo em volta, mas o que me chamou a atenção era um baú velho pouco atrás dos ratos. Sem condições de matar esses bichos, fui driblando eles até chegar ao baú. Impressionante diário, dentro dele havia uma espada com o seguinte bilhete: Você vê uma Rapier. Sem receio nenhum joguei aquela clava velha no chão e peguei à linda espadinha pontuda de cabo cor de cobre. Nessa altura os ratos pareciam estar me rancando às tripas já, sai desesperado dali, sangrando, mancando e fui naquele monge macumbeiro de novo. Cheguei naquele templo com certa dificuldade e disse “oi” novamente ao monge que me olhou e falou: – vejo que você está muito mal. – Meu corpo novamente estava curado. Eu não acreditava no que estava acontecendo diário, e ainda não acredito. Monge que cura. Pessoas que ressuscitam. Ratos assassinos, onde eu estou?
Eu sei que não é sonho diário amigo, portanto continuarei minha jornada neste estranho mundo. Agora vou indo meu caro, preciso ver o que aquele povo ta querendo vender no meio da praça. Achei uma moedinha de ouro em um rato. Haha!!… Devo estar com sorte. Até outro dia meu amigo.

Renanta

Uma resposta to “Diario do Renanta”

  1. ehuehue
    escreva um livro sobre isto xD

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: