Maldita Anatel!

Olá, pais menores de idade ou que possuem filhos de mães de menores de idade. Péssimo dia dos pais pra vocês, pq sua descultura os fez causar um ato contrário as leis do nosso país e, provavelmente estragando os sonhos de pessoas incapacitadas de raciocinar lucidamente. Enfim, to nem aí pra vocês. Vou compartilhar com vossa estupidez o que a Anatel aprontou comigo.

Estou no meu quarto, deitado, calmamente esperando a ligação de meu amor, cuja identidade manterei em anonimato para que os paparazzi não venham nos perturbar, mas garanto que ela é mais bonita que qualquer garota que vocês já conheceram na vida, quando recebo uma ligação de um número que desconheço.

Penso eu “É meu amor ligando de um orelhão para fugir do rastreamento do governo para descobrir minha identidade e me recrutar”. Para quem não sabe, sou procurado 36 países pela CIA, KGB, Interpool, C&A  e outras entidades do tipo.

Então começa a singela conversa. Uma rápida troca de palavras que torna nosso linguajar muito prático.

– Alô, quem é?
– Alô, quem tá falando?
– Hmm… se alguém está te ligando, hesite em responder quem você é… A pessoa é quem deve se identificar primeiro É o Haruiti. Devido a voz senil de uma senhora de idade, não me senti confortável com a ideia de esconder Quem é a senhora?
– É a Elza. Eu perdi meu celular em um restaurante ou em algum lugar e liguei para ver se alguém encontrou.
– A senhora ligou errado, esse é meu celular.
– Não, eu liguei certo. Esse celular não é seu!
– A senhora discou 9xxx-xxxx
– Sim. Esse é meu número!
– Impossível, senhora. Eu tenho esse número a mais de 6 anos. Não tem como meu número ser o seu.
– Você pode até estar certo, mas a Anatel disse que era pra colocar um 9 antes.
– Tá, mas meu número ainda é esse! Qual era o número da senhora?
– Então, meu número era 8xxx-xxxx. Com a lei da Anatel, ele ficou sendo 9xxx-xxxx
Foi então que compreendi o que aquele animal bípede e mamífero estava fazendo…
– Minha senhora, você compreendeu errado o que a Anatel fez… É para você colocar um 9 ANTES do seu número, e não trocar o primeiro dígito por 9. Por exemplo, o meu ficou 9-9xxx-xxxx. O seu ficaria 9-8xxx-xxxx. Entendeu?
– Ah tá. Então vou tentar.
– Boa sorte!

Desliguei, achando que havia resolvido. Passaram-se 10 minutos e recebo uma nova ligação. Na esperança de ser meu amor, reconheço que é o número daquele animal de dupla mamária. Atendi novamente…

– Oi, quem é?
– A senhora errou o número de novo…
– É o mesmo rapaz, cuja voz parece a do Brad Pitt e portanto ele parece o Brad Pitt, que eu falei há pouco? (finalmente uma observação sã)
– Sim.
– Você tá zombando de mim!
– Não, minha senhora. Tem papel e caneta? Disca exatamente esse número. 9-8-x-x-x-x-x-x-x.
– Ah, desculpa, é que estou me recuperando de um AVC, sabe, e estou me confundindo inteira. AVC hemorrágico, sabe? Aí eu fui almoçar fora com uma pessoa, ela me trouxe aqui de volta, e eu perdi meu celular. Tenho que falar com minha filha!
– Hm, entendo. Então, boa sorte.
– Ai, estou tão preocupada. Estou com dor de cabeça! Já tive 4 AVCs. Preciso urgente falar com minha filha!
– Qual a idade da filha da senhora?
– Já é casada, tem filho.
– Então não precisa se preocupar com ela. Ela te ligará mais tarde.
– Não é isso. É por causa da dor de cabeça.
– Já tentou ligar para o celular dela? Para casa dela?
– Ela não tá em casa e ela não atende o celular…
– Não seria melhor então ligar para o hospital?
– Não há necessidade! Preciso falar com minha filha! Eu preciso!

A mulher parecia estar entrando em desespero. Imaginei que se ela tivesse um AVC durante a ligação, eu teria que ligar para alguém encontrar o endereço dela, mandar ajuda e a polícia encontraria meu paradeiro e me entregaria para a CIA, KGB, Interpool e C&a etc. Tentei acalma-la

– Bom. Então não se preocupe. Tente ligar mais uma vez e depois tente colocar a cabeça em outro lugar.
– Onde?
– Sei lá. Tente ver tv… Ler uma revista…
– Você tá zombando de mim, né?
– Não, senhora o.o. Estou tentando ajuda-la…
– Você já teve um AVC? Ao menos sabe o que é um AVC hemorrágico?
– Sim, eu sei o que é. E nunca tive um AVC.
– Então, TOMARA DEUS, que você nunca tenha e nunca passe pelo que eu passei! Tive 4 AVCs! Eu sofri demais já!
– Tá bom, senhora. Desculpe por não poder ajuda-la! o.O

E ela desligou e nunca mais retornou… Já imagina se eu me estresso, começo a responder grosseiramente e a velha tem um AVC durante a ligação? Pois é… ANATEL! VOCÊ ME DEVE UMA! SUAS ATITUDES INCONSEQUENTES PODERIAM TER CUSTADO A VIDA DE UMA IDOSA!

Garotas, me liguem, seja por engano, seja por desengano!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: